Home
Prefeitos assinam carta de intenção para criação do consórcio intermunicipal de resíduos sólidos

Prefeitos assinam carta de intenção para criação do consórcio intermunicipal de resíduos sólidos

Para resolver o problema do lixo em municípios mato-grossenses, 15 municípios assinaram carta de intenção para a consolidação de um Consócio Intermunicipal de Gestão Compartilhada de Resíduos Sólidos (Cigres), entre municípios na região do Médio Norte do Mato Grosso.

Para subsidiar o panorama da situação do lixo em municípios da região, a Agência de Desenvolvimento Sustentável e Tecnológico de Resíduos Sólidos Córrego Limpo (Adetec) está  desenvolvendo o projeto  “Lixo uma visão Ambiental”,  em fase final. O projeto produz relatórios e os prefeitos recebem um raio X das condições em que seu município está com relação a resíduos sólidos, leis, condições dos lixões, condições de trabalho dos catadores, responsabilidade ambiental e, principalmente, orientações para resolver o problema.

Para atender a demanda de resíduos sólidos dos municípios consorciados, a proposta é um aterro no município de Diamantino/MT. “Nós temos que reunir os municípios para resolver esse assunto, até porque nenhum município tem capacidade financeira de resolver sozinho esse problema. É importante essa união. Diamantino é uma cidade bem localizada na região, temos uma área grande já destinada ao aterro e estamos dispostos a ser sede do consórcio”, afirmou o prefeito de Diamantino,  Eduardo Capistrano.

A proposta dos prefeitos é pedir o auxílio financeiro da Assembleia Legislativa para a implantação do aterro de Diamantino, até que ele fique apto a receber os resíduos sólidos da região. O consórcio seria criado com o fim específico de resíduos sólidos para facilitar a captação de recursos para implantação de projetos de recuperação de áreas degradas, coleta seletiva entre outros, junto a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, ministérios das Cidades e Meio Ambiente.

Com informações de Adetec e Porto Notícias.